Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Rodrigo Batista Gonçalves - PPS
  • Vereadores
    7ª LEGISLATURA 2017-2020
    Presidente Atual
    Rodrigo Batista Gonçalves
Comissão começa a ouvir testemunhas na terça
Webline Sistemas

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) criada pela Câmara de Ilha Solteira para apurar gastos da Secretaria Municipal de Assistência Social em eventos realizados na cidade, começa a ouvir as primeiras testemunhas na próxima terça-feira (18).

A partir das 08h00, serão ouvidos o vereador Ricardo Casagrande (PP) e o secretário de Assistência Social, Cultura e Turismo, Darley Barros Jr. Também serão ouvidos o coordenador do CREAS, Elias Lopes Vieira, o coordenador do CRAS, Fernando Guimarães Oliveira, o presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (COMASIS), Fagner de Mesquita Rodrigues, e a chefe da Assistência Social, Roseli Carneiro. Mas esses depoimentos ainda não foram marcados.

A CEI já recebeu cópia das atas de reuniões do COMASIS, aprovando a liberação do dinheiro para a realização dos mesmos e da Prefeitura a documentação (contratos, prestação de contas, relatórios e pagamentos) referente aos shows com o cantor Vanderlei Cardoso, da banda Jair Super Cap Show e do passeio turístico realizado pelo Barco Odisseia, sendo possível saber o gasto total com esses eventos.


Comissão - A comissão está apurando denúncias feitas pelo vereador Ricardo Casagrande (PP), em seu programa jornalístico na Band FM, de gastos irregulares com eventos promovidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social, e de que o secretário da pasta, Darley Barros Jr., estaria fazendo campanha com dinheiro público e usando a máquina pública a seu favor, visando as eleições de 2020. Além disso, teria afirmando que o prefeito Otávio Gomes (DEM) seria conivente.

Entre os eventos questionados estaria a Semana do Idoso de 2017, especialmente o show com o cantor Vanderley Cardoso, a Semana da Mulher de 2018, com show da banda Jair Super Cap Show, e a vinda do Barco Odisseia à Ilha Solteira. Também será apurado o trabalho da área social, principalmente o voltado para atendimento dos moradores de rua. Em seu programa de rádio, Ricardo afirmou que o dinheiro que deveria ser usado na área social para atender munícipes em situação de vulnerabilidade, está sendo usado para contratar barcos e shows.

A Comissão também irá apurar a legalidade de contratos entre a Prefeitura e a emissora.

No requerimento que pede a criação da CEI, os vereadores Antônio Carlos da Silva, Dalmi Guedes Jr., Eduardo Vasconcelos (PPS), Rodrigo Batista Gonçalves, o Kokim (PPS) e Valdeci Ferreira Lima, afirmam que a comissão é importante, para que os envolvidos e funcionários da área possam esclarecer o que determinam como “gravíssimas denúncias”. “Esta Câmara Municipal, cujo o papel principal de seus vereadores é a fiscalização, não pode deixar uma denúncia grave como essa sem ser apurada”, afirmaram os vereadores.

A Comissão é presidida pelo vereador Dalmi Guedes Jr. (PSC), relatada pelo vereador Antônio Carlos da Silva, o Toninho (PT), e tem como membros os vereadores Alberto dos Santos Jr., o Beto (PSB), Docílio José Correia Feitosa, o Cido (PSD) e Valdeci Ferreira Lima (PV).


Assessoria de Comunicação

Câmara de Ilha Solteira



Data: 14-09-2018 00:00:00
Próxima Sessão

SESSÃO ORDINÁRIA

21/11/2018(Quarta-Feira)

ÀS 19 HORAS